Redução da maioridade penal , Um crime contra a humanidade?

Redução da maioridade penal , Um crime contra a humanidade?

Em repúdio ao atual modelo de projeto de lei que reduz a maioridade penal, uma frase resume o Brasil político social hoje. O congresso Brasileiro não dá um passo à frente, só anda em marcha ré, levando o Brasil   junto. Um país maior que continentes, de riqueza inacreditáveis e um povo forte, não tem uma mínima postura de Estado , na cabeça  da sociedade ainda há  gosto  apreciado de colônia , dessa vez colônia da vovó Europa e do Tio Estados Unidos .

Folhear Brasil

 Neste país onde as pessoas se baseia tudo nas fantasias norte americana como ponto y 
de partida, sempre imagina que mora lá, esquecem que tem seu próprio Estado.   Hora, Sequer temos forças armadas de verdade, apenas homens servindo de espetáculo caríssimos, (e que espetáculo) sequer temos política externa , como podemos  resolver nossos problemas ? Pra resolver seus problemas de crimes, eles preocuparam em fortalecer seu Estado , com politicas publicas os jovens alcançaram as escolas , as forças armadas de darem inveja , as indústrias de alta tecnologia , e o acesso a sociedade individualmente , a qual o relacionamento cidadão -Estado é estrito  e apreciado .Eles sentiram o peso da responsabilidade e as abraçaram , viu firme a possibilidade de ter sonho e de alcança-los sem ameaças . Ora , aqui, o Estado amedronta as pessoas com militares nas ruas , isolam os presídios , batem em professores  e ignoram o fundamental , esqueceram da soberania , mas apreciam  somente o capital estrangeiro ,a oposição (hoje bando de terroristas )não aceita nem apoia o governo democraticamente eleito pela a maioria (um repúdio a parte a Rede Globo , #abaixo rede globo ). sem medidas .

 Parabéns ao Congresso por mais um retrocesso, em vez de aprovarem a redução da idade civil , exclui ainda mais quem já é vítima , os isolados .  Somente esperamos que essa tragédia se aplica aos filhos das “Zonas sul “das cidades Brasileiras, da mesma forma que se aplica aos filhos das vilas.

Silas