22 de abril. Dia internacional da Mãe Terra.

22 de abril. Dia internacional da Mãe Terra.

Acordar e iniciar as atividades do dia a dia, se alimentar, se hidratar, respirar…Terra, é assim chamado nosso planeta, a nossa casa. Uma bola azulada vista do espaço invejando quem quer que no infinito do espaço cogita alcançá-la.

 Diversamente colorida e dinâmica por dentro, é o paraíso endeusado, obra da natureza, esplêndida exuberância singular, onde os deuses pousaram para um belo dia de descanso. Das calotas nórdicas às plataformas de gelo na Antártida, no profundo escuro inimaginável dos oceanos, na leveza das brisas, nas variedades das espécies, do pão de cada dia ao compor do nosso corpo. “Porque dela viestes a ela voltarás”. Quando fica nervosa abala sua superfície, dispersa seu ódio do seu interior e inunda com suas lágrimas de sofrimento. Sozinha, ficando velha e doente, muito doente, trama silenciosamente as vinganças.

O dia da Terra é sim importante, porém tal importância teria muito mais grandeza e eficácia, se na prática todos os dias fosse o dia da Terra. Que esse dia de reflexões e empenho para salvá-la da ganância do homem se multiplique 366 dias continuadamente.
O Dia da Terra – ou, oficialmente, Dia Internacional da Mãe Terra – é uma data criada pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 2009 para marcar a responsabilidade coletiva para promover a harmonia com a natureza e a Terra e alcançar um balanço entre economia, sociedade e ambiente.
 
Dia internacional da Terra
As questões envolvendo a Terra tem sido cada vez mais debatida na comunidade internacional
“O Dia Internacional da Mãe Terra é uma chance de reafirmar nossa responsabilidade coletiva para promover a harmonia com a natureza em um tempo em que nosso planeta está sob ameaça da mudança climática, exploração insustentável dos recursos naturais e outros problemas causados pelo homem. Quando nós ameaçamos nosso planeta, minamos nossa própria casa – e nossa sobrevivência no futuro”, diz mensagem do secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon.